User: Guest       login            
 

my choice, my decision


home    New calculation    method    links   

Example: Exemplo 1

Tim



EXEMPLO

“Tenho dúvidas acerca de qual o telemóvel que devia comprar. Em geral, todos têm preços mais ou menos acessíveis. Existem 3 modelos nos quais estou interessado
Já tinha pensado em critérios pelos quais quero avaliar os telemóveis. O que me ocorreu foi: o aspecto, as características, o peso, a simplicidade de utilização, a facilidade de escrever mensagens, user friendly, o tamanho de ecrã, como é que fica com o meu estilo de vestir, etc.
 
Entre muitos critérios, decidi-me por aqueles que unem tudo o que me é necessário. Para comprar um telemóvel o que me importa é:

Qualidade
Design
Funções adicionais
Duração da bateria
 
Se me lembrar de mais critérios que acho importantes, posso adicioná-los ao modelo depois e fazer as relações com outros critérios e também, comparar os telemóveis com a base nele. Acho muito útil essa possibilidade de salvar os cálculos, porque não assim não tenho fazer tudo novamente.
 
Sob o critério “Qualidade” entendo, neste caso, a qualidade de fabricação, a durabilidade de material, de teclado, de ecrã, uma fidelidade geral, etc. As minhas apreciações são baseadas na minha experiência, nos conhecimentos de outras pessoas, na informações que tenho, numa impressão geral.
O critério “Design” abrange a minha impressão subjectiva do aspecto e das vantagens práticas do telemóvel. Aqui são importantes: aspecto, cor, proporção do teclado, peso, o sentimento que provoca nas mãos e tal...
“Funções adicionais” é um critério que vai definir a importância de funções opcionais que cada telemóvel tem. Por exemplo: WAP, toques polifónicos, jogos, câmara fotográfica, resolução da câmara fotográfica, infravermelhos, bluetooth, e eventualmente outras coisas.
“Duração da bateria” é me um critério muito importante. Não quero passar os dias em pensar que tenho de carregar o telemóvel, nem quero que me suceda ficar a toda a hora com a bateria fraca. Alguns modelos são conhecidos pela pouca durabilidade da bateria, porque a qualidade inicial perde-se rapidamente e após um ano é logo preciso comprar outra nova. Todavia, não posso esperar que todos os modelos tenham uma bateria que dure 10 dias, mas não me é indiferente se tiver de carregar o aparelho de 2 em 2 ou de 5 em 5 dias.
No fundo, encontro-me numa situação onde devo escolher um telemóvel avaliando três modelos, segundo quatro critérios.





Agora vou inserir os dados do modelo. Primeiro, escrevo o título para poder memorizar esta variante e, se calhar, mudá-la depois (para que saiba a que se refere). Na coluna “as minhas alternativas” insiro os nomes dos telemóveis, e na coluna ao lado escrevo os critérios.
Se eu quiser adicionar mais rubricas, ou até reduzi-las, faço um clique em “+” ou em “-“




Depois de ter definido os critérios, tenho de ver qual é a intensidade de importância entre eles.
`A primeira vista, eu podia dizer que todos eles têm a mesma importância.
Mas, para encontrar uma hierarquia entre eles, posso comparar os critérios entre si e exprimir essa relação numa certa escala.
Acho a qualidade mais importante do que as funções adicionais e a duração de bateria, e muito mais importante do que o design. Porque, não me serve um telemóvel com  funções adicionais fantásticas ou com um design espectacular se for de baixa qualidade. Ao mesmo tempo, a qualidade pode ser de um grau menor, mas então a bateria terá de durar muito tempo. Tudo depende das preferências pessoais.
Em seguida, o design é-me mais importante do que as funções adicionais, porque vale mais ter um telemóvel lindo e prático, do que um monte de funções que uso raramente ou até nunca.
Todavia, acho as funções adicionais mais importantes do que a duração de bateria. Posso viver com um telemóvel espectacular com uma bateria que não dura 5 dias!
Veja como é que fiz as relações entre os critérios. Por um clique do rato fiz a mudança para o lado do critério que prefiro, e depois marquei um valor da escala de 1 a 9. Se fixar o rato no valor durante uns segundos, vai aparecer uma descrição dos elementos comparados.
Esta é a situação com os critérios:



Os passos seguintes consistem em determinar as relações dentro de cada critério.
Quanto à Qualidade, as minhas preferências são estas:






Aqui pode-se notar uma certa incoerência – o telemóvel A é-me melhor do que os telemóveis B e C e, ao mesmo tempo acho o telemóvel C melhor do que o B. Sei que isso não é muito lógico, mas desta maneira classifico as minhas alternativas (telemóveis) segundo o critério de qualidade.
Uma das vantagens do método AHP é mesmo esta: até nos casos onde haja incoerências é capaz de oferecer uma solução ideal. Também, com base no índice de coerência e em resultados intermédios posso ver qual é o grau da minha incoerência entre preferências.
 
Quanto ao design, as minhas preferências são definidas do modo seguinte:




: Se reparar bem, aqui outra vez aparece uma incoerência. Sob o critério do design, acho um telemóvel melhor do que outros dois e depois acho o segundo melhor do que o terceiro.
 
Seguem as relações sob o critério Funções adicionais:




E quanto ao critério Duração de bateria:


Seria necessário salientar que cada uma das avaliações não representa uma relação real entre valores. Por exemplo, se uma bateria dure 5 dias e de outro telemóvel 6, não me faz muita diferença. Mas se a bateria de um telemóvel dure 2 dias e de outro 4, este facto já acho importante. Tendo em conta este princípio será possível definir relações entre preferências por um critério que tenha um valor exacto.
A partir de todos os dados inseridos para critérios e alternativas, o método AHP dá-nos uma solução ideal:








Apesar de chegar à melhor solução, usando o método AHP tenho a possibilidade de ver as relações com outras alternativas, bem como critérios e o seu impacto no resultado final.
Na base dos resultados obtidos há uma opção de comparar esses valores com valores em dinheiro. No meu caso da escolha de telemóvel os preços são seguintes:




Aqui é interessante que o telemóvel C ficou mais próximo ao resultado melhor, contudo, tenho mais uma confirmação que o Telemóvel A é a minha escolha, a minha decisão para comprar.
calculation library

examples

about site    contact    Terms of use
© copyright 2007. MyChoiceMyDecision. All rights reserved.
Init Grupa d.o.o.

beta version